Descubra quais alimentos comprar e como armazenar a fim de evitar idas desnecessárias ao mercado e à feira

Não há orientação dos órgãos da saúde para estocar alimentos em casa, neste momento da pandemia provocada pelo coronavírus. No entanto, locais públicos e de grande aglomeração, como supermercados e feiras livres, deverão ser evitados.

Para isso, a sugestão é comprar alimentos não perecíveis, como o arroz e o feijão, além de frutas da estação e legumes congelados. A seguir, confira o que vale a pena levar para a casa neste momento e como armazenar para que durem mais:

Frutas da estação

Elas são mais baratas. Escolha entre as mais resistentes: laranja, limão, maçã, abacate, manga, goiaba e abacaxi são algumas delas. Você também pode congelar, para usar em sucos, smoothies e sobremesas. Para isso, basta lavar e colocá-las no freezer inteiras ou cortadas em pedaços, descascadas e sem os caroços.

Carnes

Congele carnes em quantidades pequenas ou individuais em vasilhames ou sacos plásticos herméticos. Isso acelera o processo de descongelamento e facilita o preparo.

Legumes congelados

Alguns exemplos são as seletas, o brócolis, o milho e a ervilha. Esses alimentos podem ser usados em diversas refeições ao longo dos dias de quarentena.

Oleaginosas e cereais

São alimentos com prazo de vencimento mais longo. Além de serem nutritivos. Invista em castanhas, nozes, amêndoas, aveia, arroz, milho, feijão, grão de bico, lentilha e quinoa.

Massas

Macarrão em todos os formatos são boas opções para compor a despensa. Vale também investir em latas de tomate pelado, para preparar um molho vermelho.

Outras dicas para reduzir as idas ao supermercado:

Programe suas refeições

O planejamento do que cozinhar ajuda você a fugir dos alimentos ultraprocessados e do junk food durante a quarentena. Um alimento pode se desdobrar em diversas refeições. Por exemplo, uma berinjela pode virar uma caponata, uma salada ou mesmo uma sopa.

Congele alimentos

A ideia aqui não é comprar lasanhas ou hambúrgueres industrializados, que ficam no freezer do mercado. Mas, sim, congelar todo tipo de alimento comprado in natura ou, mesmo, após o preparo.

Além de te ajudar a evitar mercados ou feiras durante a quarentena, congelar alimentos pode te ajudar a preparar um prato muito mais rápido. Basta juntar o restante dos ingredientes e terminar a receita, agilizando assim sua vida e economizando tempo. Dica boa para aqueles que estão fazendo home office e não podem perder a produtividade!

Que tal congelar aqueles alimentos que aumentam a imunidade e deixar seu cardápio mais rico?

LEIA TAMBÉM