A discussão mais polêmica da ano está de volta: comprar ovo de Páscoa ou barra de chocolate?

A Páscoa está quase chegando e com ela também uma reflexão muito importante – tanto quanto uva passa na ceia de Natal. Sim, meus amigos, comprar ovo de Páscoa ou barra de chocolate? Eis a questão! Os supermercados vão se enchendo com diversas opções para nossos olhos, e inclusive, para o nosso bolso. Se fizermos uma comparação simples por aí, vemos que o preço das barras de chocolate ainda ganha dos tão amados Ovos de Páscoa.

A Associação Paulista de Supermercados (APAS) fez uma projeção para o preço dos ovos, que continuarão 2% mais caros esse ano. Além disso, os valores ainda variam de supermercado para supermercado, região para região e de Estado para Estado. São muitas as variáveis para o preço final do produto. Mas calma, opções não faltam para aproveitar essa data, meus caros chocólatras de plantão. Mesmo assim fica a pergunta: por que os ovos de Páscoa ainda são mais caros do que comprar barras de chocolate?

comprar ovo de páscoa
Foto: Shutterstock

Bom, há muito mais processos envolvidos numa fabricação de ovos de Páscoa do que se pode imaginar. Pensando em todo o processo mercadológico, as empresas defendem que há um custo muito maior com diversos fatores: contratação temporária de funcionários, armazenamento, confecção menos automatizada – já que os ovos são muito mais frágeis que as barras -, a embalagem mais estilizada, os brinquedos que vem dentro… Ufa! A lista é extensa mesmo.

Cada pequeno processo desse gera um custo a mais para as empresas, desencadeando um repasse no valor final do produto. Por exemplo, se pensarmos em quantidade, um caminhão transporta muito menos ovos de Páscoa do que transportaria em barras de chocolate. Logo, são necessárias muito mais viagens até os centros de distribuição.

Já os tabletes de chocolate estão nas prateleiras o ano inteiro, com uma demanda previsível para o mercado. Além disso, os custos de fabricação são bem menores, porque boa parte do processo é feito por máquinas. E em questões de logística e armazenamento, tudo segue estável ao longo do ano. Logo o preço consegue se manter menor, sofrendo pequenas alterações em determinadas datas.

comprar ovos de páscoa
Foto: Shutterstock

Pensando nisso, mesmo com todo esse custo gerado pela fabricação do ovo de Páscoa, os preços ainda são muito maiores do que deveriam ser. De acordo com economistas, essa conta não fecha por um simples motivo: demanda. Querendo ou não, ainda há uma grande procura pelos ovos de Páscoa nessa época do ano se comparado a bombons e barras de chocolate. Em detrimento disso, a margem de lucro aumenta. O consumidor se vê pressionado a comprar o produto, mesmo que, racionalmente falando, os valores tendem a abaixar após o feriado da Páscoa.

Certo, já entendemos os motivos para os preços de ambos os produtos. Mas e aí, é melhor comprar o ovo de Páscoa ou dezenas de barras de chocolate? Pense no que você pode considerar antes de comprar:

PESQUISE

Nenhuma boa compra é feita sem antes pesquisar e comparar valores. Isso vale tanto para os ovos de Páscoa quanto para as barras de chocolate. De fato, você pode comprar ao menos 6 tabletes de 90g e pagar mais barato que um ovo de 200g da mesma marca, mas faça os cálculos e veja qual a melhor opção para o seu bolso. Lembre-se da variável que falamos lá no começo.

ALTERNATIVAS

Se você realmente quer um ovo de Páscoa, veja se não há um tamanho menor ou de uma outra marca com o sabor parecido. Quem sabe fazer o seu próprio ovo de Páscoa daquele chocolate favorito seja mais barato e mais divertido para essa Páscoa. E, claro, comprar de produtores alternativos que colocam a mão na massa nessa época do ano para conseguir uma graninha extra. Para tudo há uma alternativa.

ESCOLHA

Se a Páscoa não é a mesma sem os ovos e você pode comprá-los sem pesar muito no orçamento, dê uma chance ao que você quer. Se você acha que comprar as barras é o mesmo que comer o ovo, seja feliz! A ideia aqui é não se deixar induzir pela sazonalidade dos produtos e se sentir confortável com as escolhas e opções que você tem. Porque não há de fato um parâmetro de qual produto é melhor, mas sim qual deles te fará mais feliz nessa Páscoa.

LEIA TAMBÉM: