Já aconteceu de você de guardar o chocolate em um lugar e quando foi comer ele estava derretendo? Não dá para negar que essa é uma situação bem desagradável… Por isso, a primeira coisa que vem em mente é colocar o produto na geladeira. Mas será que essa é a maneira ideal de armazenar o chocolate?

Independentemente de seu formato – seja como ovo de Páscoa ou em barra -, o ideal é mantê-lo em lugar seco, fresco e protegido da luz do sol. Além desses cuidados é muito importante também verificar as informações do rótulo, pois em caso de alguma informação específica de armazenamento, ela deverá estar indicada.

Outro ponto pra se atentar e que vai fazer a diferença na forma de armazenar o chocolate, é a data de validade! É fundamental que o consumo do produto seja feito dentro do prazo de validade estipulado. Portanto, esteja atento a essa informação. Se na hora de consumir, você perceber alteração na aparência ou gosto do produto, não coma.

Dito tudo isso, você deve estar curioso para saber quais são as dicas para armazenar o chocolate da forma correta, para nunca mais errar, não é mesmo? Então, confira a seguir as dicas da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas – Abicab que ensina a armazenar o chocolate sem erros.

Aprenda a armazenar o chocolate

Armazenar o chocolate da forma certa ajuda a preservar o sabor e a durabilidade do produto.

Armazenar o chocolate da forma certa ajuda a preservar o sabor e a durabilidade do produto. – Foto: Shutterstock

1- Não deixe de verificar o rótulo e as informações do produto presentes na embalagem, isso porque, não é só colocar na geladeira e tirar na hora de comer;

2- É importante prestar atenção, para que o chocolate não sofra nenhuma alteração na temperatura no percurso da compra até o destino final;

3- Procure armazenar o chocolate na parte mais fresca da casa, isso não quer dizer que necessariamente precisa ser na geladeira. Basta apenas o local ser fresco e que não tenha contato diretamente com o sol;

4- Embora colocar na geladeira seja a atitude mais comum, está longe de ser o correto quando se trata de armazenar o chocolate. Isso porque, além do produto ficar mais duro, a geladeira faz com que ele perca algumas de suas características sensoriais;

Outras dicas que vão mudar a forma de armazenar o chocolate durante e depois da páscoa

5- O chocolate absorve com facilidade odores do ambiente, por esse motivo evite ao máximo armazenar próximo a condimentos e produtos com cheiro forte;

6- Após abrir o chocolate, lembre-se de fechar muito bem, pode ser com o auxílio de papel alumínio ou potes plásticos bem vedados. Isso vai fazer com que o produto fique bem protegido contra umidade ou qualquer tipo de contato com a água;

7- Após abertos, os ovos de Páscoa também podem ser armazenados nas próprias embalagens, enquanto os bombons, caso não estejam bem vedados, devem ficar em embalagens herméticas;

8- Verifique o local de compra. Os produtos devem estar armazenados de forma adequada. Ambientes com temperaturas controladas e bem ventilados são ideais;

9- Por último e não menos importante, mesmo seguindo todas essas recomendações, caso seu chocolate apresente alterações, orientamos que, antes do consumo, contate o SAC do fabricante para esclarecer a situação e identificar a exata condição para um consumo seguro.

E se o chocolate não for preservado do jeito certo?

Em altas temperaturas ou grandes variações de temperatura de armazenamento ocorre o “fat bloom”. Uma camada muito fina e branca de cristais de gordura se forma na superfície do chocolate, o que não afeta o sabor do seu chocolate, mas afeta bastante sua aparência.

Se ele for armazenado em um local úmido ou se é movido de armazenamento muito frio para um ambiente muito quente, ocorre o “sugar bloom”, uma forma de condensação que produz uma superfície rugosa e irregular no chocolate.

Já se ele entrar em contato com a luz ou com o ar ocorre a oxidação, as gorduras se decompõem e o chocolate perde o sabor.