É possível sim evitar o desperdício e o excesso de alimentos durante a quarentena. Saiba como!

Com as medidas de isolamento para achatar a curva do novo coronavírus no país, milhares de pessoas estão em casa e, por consequência, cozinhando mais. No entanto, algumas pessoas que moram sozinhas ou que não têm frequência de irem para a cozinha, podem estar sentindo dificuldades em preparar os alimentos numa quantidade ideal. E aí a gente já sabe o que acontece, os alimentos vão sobrando e, por vezes, estragam e são jogados no lixo.

E para evitar o desperdício na quarentena – e depois dela também, por que não? – existem algumas dicas valiosas que podem te ajudar a se organizar melhor na cozinha para evitar tantas sobras na geladeira. Então, para você que mora sozinho, que está começando a cozinhar e para quem mais quiser, o Guia da Cozinha vai te ajudar a pensar melhor nas suas refeições e evitar o desperdício.

As porções por pessoa

Se você for cozinhar para você mesmo ou para poucas pessoas, existem medidas de porções por indivíduo que você pode seguir para preparar a quantidade ideal e, assim, evitar o desperdício. Uma boa dica para medir é a sua própria mão. Geralmente uma mão fechada de arroz e feijão serve perfeitamente uma pessoa. Com a palma da mão aberta você tem as noções de quantidade de carne que deverá ter no prato, como peixe, por exemplo. Com as duas mãos abertas, use para legumes e verduras. A mão em formato de concha, você tem a quantidade de frutas a serem consumidas.

Cozinhe um pouco mais

Pode ser que medir as porções de comida em pequena quantidade pareça um tanto quanto confuso. Por isso, uma dica que você pode seguir é cozinhar uma quantidade razoável de alimentos comuns do dia a dia, como o arroz e feijão. Porque, assim, você consegue separar porções para comer ao longo da semana e mantê-las congeladas para somente temperar quando for consumir. Você pode também cozinhar os legumes como cenoura, brócolis e couve-flor, fazer o processo de branqueamento – ou seja, levá-los a água fria logo após o cozimento para manter os nutrientes – e deixá-los na geladeira para comer depois.

Cardápio semanal

Planejar as refeições que você deseja fazer ao longo da semana também é uma forma bacana e simples de evitar o desperdício na quarentena. Utilize o mesmo ingrediente mais de uma vez na semana, alternando as receitas. Por exemplo, você pode fazer um purê de batatas na segunda-feira e batatas souté na quinta-feira. Tente apostar nos alimentos que duram mais e que são mais resistentes a variações do tempo.

Se você faz comida para uma família inteira, o Guia da Cozinha está montando semanalmente um cardápio completo com sugestões de almoço e jantar para a quarentena e, para facilitar as contas e diminuir as idas ao mercado, montamos a lista de mercado para preparar essas refeições. Pra visualizá-lo, é só clicar aqui. E, claro, ficar atento ao site que sempre atualizamos o cardápio.

Não deixe de Reaproveitar

Nada de jogar fora aquele arroz ou o pãozinho do dia seguinte, muito menos aquela carne moída que sobrou na geladeira. Seja criativo, há muitas receitas diferentes que você pode fazer com a sobra desses alimentos para o evitar o desperdício. Você pode preparar bolinhos, torradas, panquecas, tortas, bolos… Há uma variedade enorme de receitas e, assim, você também pode comer algo diferente na sua semana.

Aposte nos pratos únicos

Arroz com frango, omelete, macarronada, mexidão… Todos eles são pratos únicos que servem muito bem como uma refeição completa sem precisar de muito ou nenhum acompanhamento. Fazer esses pratos ajudam você a economizar e a evitar ficar fazendo várias comidas de uma vez só. E vamos combinar né, suja bem menos louça e é muito mais prático.

Facilitar a vida na cozinha na quarentena – e fora dela também – é uma maneira de fugir dos industrializados e dos aplicativos de comida, forçando-nos a comer bem e saudável no dia a dia.

Advertisement