A jaca até pode ser injustiçada como fruta, mas como “carne” não deixa nada a desejar para os vegetarianos e veganos. Isso porque a carne de jaca preenche um espaço importante nos preparos plant-based mais encorpados e não deixa ninguém sentir falta seja de frango ou de carne bovina.

De origem asiática, a fruta foi trazida pelos portugueses do continente e então introduzida à nossa rotina alimentar. Ainda assim, provavelmente foi por sua versatilidade que se tornou tão popular. Coxinha, salpicão, fricassê, pastel, lasanha e escondidinho são algumas opções possíveis para usá-la como ingrediente.

Para tirar todas as dúvidas de como preparar a carne de jaca e seu uso em receitas, chamamos a professora Camila Landi, coordenadora e docente do curso de Gastronomia da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Textura e sabor

A jaca é considerada um fruto “carnudo” em sua característica vegetal. Ou seja, tem textura parecida com as de proteínas animais. Quando cozida, a fruta ganha uma textura ainda mais resistente e possui um sabor neutro. “Isso facilita a absorção de diversos temperos, o que dá o diferencial ao leque de produções culinárias”, explica Landi. Além disso, pode substituir carnes desfiadas, a exemplo de frango desfiado, carne bovina ou suína desfiada, em preparações clássicas.

Benefícios e nutrientes

O consumo de carne de jaca também contribui para uma alimentação saudável e equilibrada. Ela é rica em carboidratos, proteínas, fibras, vitaminas, potássio, folato, cálcio, magnésio, manganês, sódio e zinco. Mas não basta somente a fruta no prato, ok? “Procure balancear ingredientes nas receitas para ter um prato nutricionalmente equilibrado”, aponta Camila.

Como preparar carne de jaca

Jaca, bagos e sementes

Jaca, bagos e sementes – Foto: Shutterstock

Depois de conhecer os benefícios da carne de jaca, pedimos para a professora te ensinar a prepará-la do zero a partir da fruta. Saiba que é possível comprar o insumo pronto, mas também não é um bicho de sete cabeças fazer a sua própria carne de jaca em casa.

  1. Primeiro, você deve escolher a jaca certa para preparar a carne. Opte pela variedade dura que esteja quase madura
  2. Limpe a jaca com uma escova específica e coloque-a sob água corrente
  3. Para que os bagos não grudem nas mãos ou na faca, passe óleo em ambos ou use luvas descartáveis nas mãos
  4. Corte a jaca em pedaços
  5. Cozinhe os pedaços na panela de pressão por cerca de 30 minutos
  6. Quando estiverem cozidos, retire a água e espere esfriar
  7. Retire o miolo, a casca e as sementes do fruto. (Obs: as sementes podem ser utilizadas assadas ou torradas como toppings de saladas, pratos, entre outros.)
  8. Após cozida, um método usual e prático para as receitas é desfiar ou refogar a carne. Serve como recheio, molho, fricassê, entre outros pratos com carnes de proteína animal empregadas dessa forma.

Dica: A carne de jaca pode ser congelada e armazenada em embalagens individuais para uso futuro.

Deu água na boca? Então separe sua jaca, prepare sua carne e confira como fazer um saboroso escondidinho de carne de jaca com batata doce. A receita foi elaborada na cozinha do Laz Vegan Food, empresa especializada em alimentação vegana situada em Taubaté, no interior de São Paulo. Olha só:

Escondidinho de jaca com batata doce 

Escondidinho de carne de jaca com batata doce

Escondidinho de carne de jaca com batata doce – Foto: Shutterstock

Tempo: 30min
Rendimento: 400g
Dificuldade: fácil

Ingredientes:

  • 3 batatas-doces (médias)
  • 2 xícaras de carne de jaca já cozida e desfiada
  • 1 xícara de tomate maduro picado
  • 1 xícara de milho verde cozido
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • Sal a gosto
  • Temperos a gosto (cheiro verde, curry e açafrão)

Modo de preparo:

  1. Cozinhe as batatas até que estejam bem macias
  2. Deixe esfriar, descasque, amasse com um espremedor ou garfo e reserve
  3. Em uma panela, refogue o alho picado e a cebola no azeite
  4. Junte o tomate e refogue por mais 2 minutos em fogo baixo até que se forme um molhinho
  5. Adicione a carne de jaca no refogado e então acrescente os temperos, sal e o milho
  6. Deixe cozinhar por 3 minutos, desligue o fogo, acerte o sal e reserve
  7. Enquanto isso, forre uma travessa com metade do purê de batatas
  8. Acrescente o recheio de carne de jaca e cubra com a outra metade do purê
  9. Pincele com azeite e leve ao forno por 5 minutos
  10. Pronto, agora é só servir seu escondidinho de carne de jaca com batata doce!

Colaboração: professora Camila Landi, coordenadora e docente do curso de Gastronomia da Universidade Presbiteriana Mackenzie; e Laz Vegan Food.