Vamos te ajudar a economizar nos alimentos no mercado

Quando o orçamento aperta, é comum diminuirmos aqueles gastos que são considerados luxos. Assim como o cineminha no fim de semana, a alimentação também sofre “cortes” nas contas finais e deixá-la mais saudável torna-se um desafio para as famílias brasileiras.

Em 2019 o preço dos alimentos aumentaram ao redor do mundo e em dezembro atingiu o valor máximo em 5 anos, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). As principais categorias de alimentos comercializados que foram afetadas são: carnes, açúcar, cereais, óleos vegetais e laticínio.

Apesar de ser mais difícil consumir alimentos saudáveis nos momentos de crises financeiras e aumento do preço dos alimentos, manter uma dieta rica em nutrientes e vitaminas é essencial e, por isso, separamos algumas dicas para economizar e comer bem em qualquer época.

7 dicas para economizar nos alimentos em épocas de crise financeira

Escolha alimentos da época

O valor de frutas e legumes variam conforme a época, seguindo a lógica da oferta e demanda. A vantagem de viver em um país com clima tropical é que em todas as estações temos diversos alimentos disponíveis com um preço muito mais em conta.

E não é só no orçamento que faz diferença, não! Os vegetais que são cultivados fora de época, muitas vezes, precisam de uma quantidade maior de agrotóxicos e fertilizantes. Tornando-se, assim, vilões da nossa saúde.

Quando consumimos frutas e legumes da estação, o sabor e os nutrientes são acentuados. E nada melhor que comer uma fruta fresquinha!

Mas por que consumi-los? Fácil! Por serem ricos em fibras, as frutas e os legumes são responsáveis por regularizar o intestino e dão sensação de saciedade.

Fuja das carnes vermelhas

Com o preço da carne lá em cima, reduzir o consumo vai ajudar (e muito) no seu bolso. E os vegetarianos e veganos estão aí para provar que dá para se alimentar bem e ser muito saudável sem, necessariamente, ingerir a proteína animal.

A dica é substituí-la pela proteína vegetal, como shimeji, ervilha, grão-de-bico, feijão, brócolis. Escolha as que estiverem mais baratas para economizar!

No entanto, se você ainda não consegue deixar de lado todo e qualquer tipo de carne do prato, que tal reduzir o consumo da vermelha e investir em frangos ou porcos? Eles podem ser uma ótima opção!

Produtos a granel

Para economizar nos alimentos, os produtos a granel são ideais. Isso porque você não paga pela embalagem e nem pelo armazenamento de fábrica, apenas pelo produto em si.

Sem contar que, por ser por quilo, você leva pra casa somente a quantidade que realmente precisa. Diga adeus ao desperdício!

Você vai pagar mais barato e vai ajudar o meio ambiente.

A feira na hora da xepa

Vamos aprender com os mais velhos e ocupar as feiras de rua. Elas são ótimas alternativas dos grandes (e caríssimos) supermercados.

Nelas, você encontra as frutas e legumes da época e consegue pechinchar os preços com os feirantes, diferentemente dos mercados.

Uma outra dica é ir na feira perto do horário final dela, chamado xepa, pois os produtos ficam mais em conta e mais negociáveis.

Feirão e apps de supermercados

Se você não possui uma feira de rua perto de sua casa, a ideia é aproveitar os dias de “feirão” dos supermercados. Aqueles dias selecionados em que as frutas, verduras e legumes ficam com um preço muito mais em conta. No geral, são nesses dias, também, em que os produtos estão com melhores qualidades.

Com os apps dos supermercados você consegue porcentagem de descontos em diversos produtos. Pelo CPF, eles até conseguem fazer uma seleção daquilo que você mais compra e fazer ofertas personalizadas. De pouquinho em pouquinho, você economiza um montão!

Faça uma lista antes de ir às compras

Ir no supermercado sem saber o que exatamente precisa para a semana ou com a barriga vazia faz com que você compre muito mais do que deveria.

Por isso, pense naquilo no que pretende cozinhar ao longo da semana, tanto de almoço como de jantar, para fazer uma listinha de mercado e comprar a quantidade exata de ingredientes.

Seja criativo!

A criatividade é a maior aliada em épocas de crises financeiras.Bolo com casca de laranja, panquecas de banana com até três ingredientes, água saborizada ao invés de sucos.

Reaproveite o que tem em casa e coloque a mão na massa. Com pouco, você consegue transformar pequenas coisas em grandes refeições nutritivas.

LEIA TAMBÉM

Advertisement