Veganismo: entenda o movimento e veja dicas para se tornar vegano
Filtros

Tipos

Dificuldade

Veganismo: entenda melhor o movimento e saiba como fazer comida vegana sem gastar muito

O movimento político busca não utilizar produtos de origem animal

Veganismo
Foto: iStock
Giovanna Castro8 de outubro, 2018

Cada vez mais pessoas têm aderido ao movimento de deixar de consumir alimentos e outros produtos de origem animal. No entanto, muitas pessoas ainda confundem veganismo e vegetarianismo, que são coisas diferentes. Conversamos com uma nutricionista que explicou tudo o que você precisa saber sobre o assunto, além de recomendar algumas receitas simples para quem já é ou quer se tornar vegano.

Diferença entre vegetarianismo e veganismo

Enquanto o vegetariano só deixa de comer alguns tipos de alimentos de origem animal, o vegano  vai além da  alimentação. Além disso, existem diferentes tipos de vegetarianos:

  • Ovolactovegetariano: não comem carne, mas aceitam o consumo de ovos, leite e derivados;
  • Lactovegetariano: não comem carne nem ovo, mas consomem laticínios;
  • Ovovegetariano: entre os alimentos de origem animal, só ingerem ovos;
  • Vegetariano estrito: não come nenhum alimento de origem animal (carnes, ovos, laticínios, mel e etc).

Segundo a nutricionista Taissa Muller, da Policlínica Granato do Rio de Janeiro, o veganismo é, na verdade, um estilo de vida, englobando não só a alimentação, como toda a rotina e as escolhas daquela pessoa. É considerado vegano aquele que não consome nenhum produto de origem animal, ou seja, mantém uma dieta vegetariana estrita e não usa nenhum produto, roupa de origem animal ou que sejam testados em animais.

Resultado de imagem para gif veganismo

“Hoje há o uso de bucha vegetal para lavagem de utensílios de cozinha, produtos de limpeza, maquiagem, embalagens para transporte e armazenamento de alimentos, entre outros”, comenta a nutricionista. É possível observar que, cada vez mais, as marcas têm se preocupado em oferecer produtos chamados cruelty free (sem crueldade animal em sua produção) para atender a essa demanda.

Qualquer pessoa pode aderir ao veganismo?

Taissa explica que não existe nenhuma contra-indicação da alimentação vegana, muito menos das outras práticas do veganismo que envolvem produtos como roupas e cosméticos. No entanto, “é preciso ter  acompanhamento de um nutricionista para introdução e o balanceamento da alimentação para que não haja desequilíbrio e deficiências nutricionais”, recomenda a nutricionista.

nutricionista

O primeiro passo a se tomar por uma pessoa que deseja se tornar vegana ou vegetariana é consultar um nutricionista -Foto: iStock

Como repor os nutrientes das carnes e dos derivados animais em uma alimentação vegana?

Muitas pessoas têm medo de abandonar o consumo de carnes vermelhas, peixes, leite, ovos, entre outros alimentos de origem animal por conta dos nutrientes que eles contêm. No entanto, Taissa garante que tudo isso pode ser substituído. “Uma alimentação colorida e variada, com frutas, legumes, verduras e grãos acompanhada por um profissional capacitado principalmente na fase de transição é importante. Além da suplementação de B12 orientada e acompanhada com dosagens individuais e adequadas”, explica.

Como fazer comidas veganas gastando pouco?

“Cozinhando em casa, esse foi um dos motivos que o uso das marmitas popularizou. Ficou cool levar sua marmita para os lugares, você não só sabe a procedência (segurança alimentar), como come mais saudável. Para os produtos de higiene pessoal e limpeza, existem muitas receitas caseiras e eficazes que substituem esses produtos”, comenta a especialista. Apostar em legumes, verduras, frutas e outros alimentos que podem ser encontrados por um preço baixo em feiras e mercados também é uma boa pedida.

Confira receitas veganas simples indicadas pela nutricionista Taissa Muller:

Maionese de quinoa

maionese de quinoa

Imagem de banco de imagens, meramente ilustrativa -Foto: iStock

Ingredientes

  • 1 xícara de chá de quinoa cozida
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • Suco de 1/2 limão
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  • 1 colher de chá de mostarda Dijon
  • 8 folhinhas de manjericão

Modo de Fazer

Bata tudo no liquidificador até virar uma pasta.

Vitamina

vitamina vegana

Imagem de banco de imagens, meramente ilustrativa -Foto: iStock

Ingredientes

  • 1/3 de beterraba
  • 1 colher de sopa de abacate
  • 200 ml de água de coco
  • 1 colher de sopa de tofu
  • Gengibre a gosto
  • Canela a gosto
  • Manjericão
  • Iogurte com leite vegetal
  • 1 xícara de chá de castanhas ou macadâmia ou amendoim (deixe de molho em água por 1 hora e bata no liquidificador com 2 xícaras de chá de água)
  • 4 colheres de sopa de vinagre de maçã ou 80ml de água de kefir
  • 1 colher de café de goma-guar
  • 1 colher de café de psyllium

Modo de fazer

Misture a água de kefir ou o vinagre com o o iogurte de leite vegetal e deixe fermentar por 48 horas na geladeira. Depois, misture com goma-guar e o psyllium e bata no liquidificador. Quando atingir a consistência adequada para uma vitamina, desligue o liquidificador. Adoce com o melado, as frutas, a beterraba, o xilitol e a açúcar de coco.

Panqueca de grão de bico

panqueca de grão de bico

Imagem de banco de imagens, meramente ilustrativa -Foto: iStock

Ingredientes

  • 3/4 de farinha de grão de bico
  • 1 xícara de água morna

Modo de fazer

Em um recipiente, misture a água e a farinha até obter uma mistura homogênea. Reserve. Adicione um fio de azeite ou manteiga ghee ou óleo de coco em uma frigideira e coloque a massa aos poucos no centro da frigideira. Não mexa. Quando começar a formar bolhas e estiver um pouco durinha, vire. Adicione o recheio que preferir ou siga a recomendação da chefe: frutas, mel, melado, manteiga de coco, tahine, pasta de amendoim ou amêndoas.

LEIA MAIS