Coxinha de mandioca com costela

Que tal fugir um pouco da receita padrão e experimentar a coxinha de mandioca com costela? Com ingredientes diferentes da coxinha que a maioria conhece!

Tempo de preparo:

100

Rendimento:

50 porções

Dificuldade:

Fácil

Que tal fugir um pouco da receita padrão e experimentar a coxinha de mandioca com costela? Com ingredientes diferentes da coxinha que a maioria conhece, a massa de mandioca e o recheio de costela irá conquistar o paladar daqueles que provarem. Além disso, rende muitas unidades e pode fazer a alegria de toda a galera!

Tempo: 1h40
Rendimento: 50 unidades
Dificuldade: Fácil

Ingredientes da coxinha de mandioca com costela

  • 4 e 1/3 xícaras (chá) de leite
  • 2 cubos de caldo de legumes
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de mandioca cozida e amassada
  • 3 colheres (sopa) de manteiga
  • 4 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • Óleo para untar e fritar
  • 3 ovos batidos para empanar
  • 2 xícaras (chá) de farinha panko para empanar

Recheio

  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 500g de costela bovina cozida e desfiada
  • 2 tomates sem sementes picados
  • 1/2 xícara (chá) de cheiro-verde picado
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 xícara (chá) de requeijão culinário

Modo de preparo

Em uma panela grande, em fogo médio, aqueça o leite, o caldo de legumes, a mandioca e a manteiga. Cozinhe por 5 minutos ou até que comece a ferver. Adicione a farinha de trigo de uma só vez e mexa com uma colher de pau até soltar do fundo da panela. Coloque em uma superfície untada e deixe esfriar. Para o recheio, em uma panela, aqueça o azeite, em fogo médio, e frite a cebola e o alho por 2 minutos. Acrescente a costela desfiada, o tomate, o cheiro-verde, tempere com sal, pimenta e refogue por 5 minutos. Desligue, misture com o requeijão e deixe esfriar. Abra porções da massa na mão, disponha um pouco do recheio no centro e feche, modelando as coxinhas. Empane os salgadinhos nos ovos batidos e na farinha panko. Frite, aos poucos, em óleo quente até dourar. Escorra sobre papel-toalha e sirva em seguida.

COLABORAÇÃO: Ângela Cardoso/Fernando Santos

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *