Caldas de açúcar deixam qualquer sobremesa uma delícia. Mas você sabe quais são os tipos de calda e as diferenças entre elas?

Pedaços de bolo com caldas de açúcar em um prato branco com guardanapo rosa ao fundo.
FOTO: Marcelo Breyne/Colaborador | PRODUÇÃO: Denise Costa/Cecília Salomão

Para fazer qualquer calda, a proporção é de 1 parte de água para 2 de açúcar. A diferença está no tempo e na temperatura do fogo: quanto mais tempo no fogo, mais grossa e consistente ficará sua calda. Para saber se ela atingiu o ponto desejado, o truque é jogar um pouco da calda em um copo com água fria. Observe o resultado para saber o ponto:

Pontos de caldas de açúcar

  • Fio fraco: é quando a calda se mistura rapidamente com água.
  • Fio forte: é quando a calda demora um pouco para se misturar com a água.
  • Bala mole: a calda não se mistura com a água e, ao ser retirada do copo, forma uma bala macia e maleável.
  • Bala dura: a calda não se espalha e, ao ser retirada do copo, forma uma bala firme.
  • Vidrado: é quando a calda se solidifica imediatamente em contato com a água.
Advertisement

Dica: para a calda não açucarar, mantenha o fogo alto e nunca mexa, pois a colher pode fazer a calda endurecer e empelotar.

Texto: Paula Brait

SAIBA MAIS:

Bolo molhadinho: dicas para umedecer cada receita

Mousse de morango com calda

Bolo-pudim mesclado