Brigadeiros para vender: 10 receitas deliciosas para lucrar muito!
Filtros

Tipos

Dificuldade

brigadeiro noir como opção de brigadeiros para vender
Foto: Stela Handa | produção: Stela Handa e Maria Olinda Cabral

Brigadeiros para vender: 10 receitas deliciosas para lucrar muito!

  • fácil

Thaina Zanfolin14 de Março, 2018

O brigadeiro é um dos doces mais conhecidos e queridinhos dos brasileiros. Enrolados ou de colher, eles sempre estão presentes em qualquer tipo de comemoração desde a nossa infância e nos acompanham por toda a vida. Por isso, fazer brigadeiros para vender são uma excelente forma de conseguir um dinheiro a mais no final do mês.

Nos últimos tempos, receitas com ingredientes diferentes e sabores inovadores começaram a surgir e os brigadeiros gourmets ganharam mais espaço. E, claro, é possível aproveitar todo esse sucesso e vender muito mais! Porque, ninguém resiste a um docinho, não é mesmo?

Pensando nisso, fizemos uma seleção de brigadeiros para vender para você começar a fazer e lucrar! E além das receitas detalhadas, trouxemos o preço de custo e de venda para facilitar seu negócio! Confira!

10 receitas de brigadeiros para vender:

Veja cada uma das receitas dos brigadeiros para vender:

Aprenda a calcular o preço de venda

Se você deseja começar um novo negócio de docinhos para vender, já te adiantamos que não será fácil. São receitas novas para aprender, é preciso descobrir o jeito certo para abordar o cliente e também pensar na embalagem ideal. Mas, apesar de trabalhoso, você aprende tudo isso rapidinho.

Contudo, há outra questão que preocupa (e muito) os iniciantes de um novo negócio: quanto cobrar pelo produto. Mas não se preocupe, vamos esclarecer essa dúvida para que você calcule rapidinho o preço dos brigadeiros, além de saber seu lucro e os custos! Veja como calcular:

  • Ingredientes: para calcular o valor que gastou com os ingredientes, é preciso calcular de forma proporcional. Por exemplo, se você usou somente 250ml de leite, divida o valor da caixinha de 1 litro por 4.
  • Gastos fixos: inclua também o seu gasto fixo – que são energia elétrica, água e gás, por exemplo. Para saber o total dos gastos fixos, é só somar 20% do valor total gasto com os ingredientes.
  • Lucro: essa é a parte mais importante! Você deve incluir sua mão de obra, que pode variar de 20 a 100%. Por exemplo, se você gastou R$ 8,00 com ingredientes, pode acrescentar de R$ 1,60 a R$ 8,00 sobre o valor de venda. Porém, antes de decidir se vai aplicar 100%, vale a pena pesquisar a concorrência para não cobrar um valor acima e tampouco muito abaixo do mercado.

 

LEIA TAMBÉM: